Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

meandmyboy

meandmyboy

o meu blog anda à deriva

Julho 13, 2015

meandmyboy

Hoje é dia de medico, de manhã sou eu que vou mostrar as análises ao médico e de tarde o Boy vai à higienista. Único dia da semana em que eu folgo, a outra folga será no domingo. Ando sem inspiração para escrever. Aqui já não tenho muitos leitores, deve ser porque não está a ser interessante o que eu escrevo. Ando um pouco à deriva. Deve ser normal, eu só ando de casa- trabalho, trabalho -casa. Não vou a um cinema,a um teatro, nem à praia eu consigo ir. Falta companhia, ânimo. Sinto que a minha vida não é vivida. Não tenho grandes amizades por perto. Tive uma oportunidade de arranjar mais revenedoras para a Avon numa feira perto de casa, não consegui ir porque tinha o Boy comigo. E o meu blog mais parece o muro das lamentaçoes.

conversas com o boy#28

Julho 11, 2015

meandmyboy

Boy:porque é que não cortas o cabelo, assim arranjas um namorado. Eu:ham Boy: Podes cortar o cabelo por mim? Eu:mas depois pareço um homem. Boy:não pareces nada. Cortas? Eu: Está bem eu corto. Boy: Se tiveres um namorado o meu pai já não é meu pai? Eu: É sim teu pai. A cabeça dele anda um pouco confusa. Coitadinho.

bem vindo meu homenzinho

Julho 11, 2015

meandmyboy

Já o cobri com mil beijinhos. Já o confrontei com a história da minha maquiagem, diz que foi para fazer uma experiencia no caderno. Temos um cientista cá em casa. Também me perguntou o que nós poderiamos fazer hoje à tarde. Estava tão anciosa de o ter comigo que não arranjei nenhum programa para fazermos. Tenho que arranjar.

o que fazer numa situação destas

Julho 09, 2015

meandmyboy

Todos os dias me maquilho, bem quase todos os dias. E gosto de variar a tonalidade de maquilhagem. Qual não é o meu espanto quando vou para por a sombra em tons nude a minha palete estava estava estranha. Estranha porque parecia que estava esgravatada, como se tivessem passado o pincel com força. Depois fui por o baton dou com o batom numa lastima.

WP_20150709_09_15_30_Pro.jpg

Foi o Boy que andou a mexer nas minhas coisas. Não tenho outra explicação.

tudo de novo

Julho 07, 2015

meandmyboy

Acho que não ando numa maré de sorte. A sorte somos nós que a fazemos. Perdi o meu grupo de revendedoras. Tinha seis e estive três campanhas para me poder manter como coordenadora. Amanhã vou para a rua fazer prospecção. É começar tudo e novo. É chato mas é assim. Não tenho muito tempo para disponibilizar para as nomeações e acompanhamentos. Quando estava desempregada eu tinha mais tempo, normal. Só espero que consiga consiliar com a Avon.

introspectiva

Julho 05, 2015

meandmyboy

Estou com uma taça de gelado numa mão e ao mesmo tempo desabafo com os dedos da outra mão.

Solta-se o que sinto em modo de texto.

Ando mais uma vez a reflectir na minha pessoa, nos meus defeitos,nos meus actos.

Sou uma pessoa que tem dificuldade em argumentar. Quando tenho uma discussão afasto-me para não ter que enfrentar o problema. Isto deve-se a minha insegurança.

Hoje disseram-me que em certos momentos sou meiga e noutros sou fria. Fria quando dou respostas, quando ajo,que não tenho meio termo.

É difícil encontrar o meio termo, alem do mais o ser humano tem altos e baixos. Não somos perfeitos.

Eu tento mudar, para não me magoar no futuro. Eu tento mas não estou a conseguir.

 

tudo o que eu não queria encontrar pela manhã

Julho 03, 2015

meandmyboy

Coisa que mais detesto é ser abordada na rua para me vender coisas ou para me impingir algo. Desta vez foi para me converterem a Jeová. Nada contra a quem é desta religião, mas eu tenho uma aversão a essas crenças. São muitos anos a baterem-me à porta para passar a palavra, dizem eles. Então, ía a caminho da paragem quando fui abordada por dois senhores, que possivelmente teroam oitenta e tais anos. Era aqui a "je" em cima do passeio a querer passar despercebida e eles quase em cima de mim para me dar um papel. Eles: Posso lhe dar uma mensagem de Deus? Eu: Não sou da vossa religião., não estou interessada. Eles: Não precisa ser da nossa religião.aos me encolhia para o lado de dentro do passeio, mais eles se chegavam. Estava a ver que os tinha que empurrar. O bairro até é pacato, não se vê ninguém pela manhã tinha que ser eu a vítima.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub