Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

meandmyboy

meandmyboy

Amanhã temos o caldo entornado

Dezembro 16, 2016

meandmyboy

Todos os anos é um filme . Quando o Boy tira as fotos na escola, é sempre um filme, este ano não foi excepção. Telefonei para o pai do Boy e qual não é o meu espanto, quando me diz que o avô tem as fotos. Eu: mas como é que o teu pai tem as fotos? Pai do Boy: ele tem lá um amigo e o amigo ligou-lhe a avisa-lo. Eu quando pedi as fotos , tirei foto ao papel da autorização ,que dizia que as fotografias deviam ir para a secretaria da escola. Por sua vez eu iria levantar as fotos assim que me avisassem. Então sendo eu a encarregada de educação porque é que avisaram o avô e não a mim? Amanhã temos a tenda armada.

click counter
Sayaç
click counter

ajudamos a quem tem menos que nós

Dezembro 08, 2015

meandmyboy

Sim,cá por casa temos o hábito de aproveitar certas coisas de pessoas que já não querem.Por sua vez fazemos o mesmo e damos a quem tem menos possibilidades que nós. Já fiz a seleção dos brinquedos do Boy, o que estava em boas condições doamos e o que estava partido foi para o lixo. A quantidade de coisas que eles acumulam é abismal. Também fazemos damos peças de roupas que já não servem e que estejam com boa aparência. Somos assim, temos consciência que existe pessoas que vão ter menos possibilidades que nós. E é nestes momentos que eu sinto que estou a fazer bem o meu trabalho de mãe,porque o Boy compreende e ajuda-me na seleção de brinquedos.

click counter
Sayaç
click counter

super mercado

Maio 16, 2014

meandmyboy

Sabem aqueles momentos que ainda tem um pouco de tempo  entre o sair de um transporte e entrar noutro, tipo 15 minutos e lembrarem-se de que precisam qualquer coisa de ultima hora para comprar dentro do super mercado?

 

Pois é foi o que me aconteceu , lembrei me de que precisava de iogurtes para mim e para o meu boy . Trouxe tambem  uns douradinhos para ele uns pacotes de leite para ele levar para o lanche da escola e mais umas coisinhas.

 

Percorri o espaço e depois das minhas escolhas feitas ,resolvi meter-me na fila para pagar , até aí tudo bem .

 

Nem dois minutos na fila e põem se dois miúdos com mais ou menos 16 a 17 anos atrás de mim a falarem criolo.

 

Beca beca, beca beca a conversa era feita tão alta que eu só percebia o vocabulário ordinário ,pois essas partes eram  faladas em português .

 

Depois de 10 mts já estava a desejar que a senhora da caixa despacha-se os outros clientes à minha frente, para assim chegar a minha vez e eu conseguir sair da fila para não os ouvir mais.

 

É que já estava azoada com tanto criolo e asneiras à mistura.

 

Até poderia vos dizer do pouco que percebi o que eles falavam, mas nem vale a pena pois são coisas de rapazes com pouco cérebro e com pouca educação.

 

Enfim acho que estou a fazer o melhor que posso para um dia o meu boy respeitar as pessoas especialmente as mulheres.

 

click counter
Sayaç
click counter

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D