Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

meandmyboy

meandmyboy

Aos 40

Julho 08, 2019

meandmyboy

Aos 40 anos senti que renasci. Mudei a minha forma de estar, resolvi fazer exercício físico e sinto - me tão bem com essa mudança. Resolvi de vez não stressar com o contrato de trabalho, se tiver que ficar fico se não ficar logo se vê, porque tudo na vida se resolve e como eu tenho dois braços, duas pernas e saúde, eu vou à luta. Este ano ainda vai a meio e eu já pensei em especializar numa área ligada à beleza. Já prevendo o pior cenário de não renovação de contrato, assim que ficar desempregada irei tirar proveito da especialização. 💪

Sinto um orgulho em mim pelas conquistas que faço. De não precisar qualquer homem para sobreviver, é ter tudo que é essencial para o meu bem estar com o meu esforço e foco. Eu sei que nem todos os dias eu estou bem comigo mesma. Tenho as minhas crises exestenciais, vontade de mandar tudo ao ar, chorar e desistir. Mas depois eu penso nos meus, especialmente do meu filho que precisa que lhe dê estabilidade.

Hoje eu luto pelo o que eu quero, embora precise de um estímulo que para mim é estar rodeada de pessoas que não me poem para baixo e me dizem vai Tânia, tu consegues. 

click counter
Sayaç
click counter

O meu sossego.

Outubro 10, 2018

meandmyboy

O meu é no Baixo Alentejo, em Aljustrel.É aqui que eu descanso de tudo o que me vai na cabeça, as preocupações da vida. Vou ali para o castelo de Nossa Senhora que fica no ponto mais alto da vila de Aljustrel.

É um sossego ,sou só eu e a paisagem.

IMG_20181010_113935.jpg

IMG_20181010_113539.jpg

Gosto de estar aqui, sozinha. Não foi o caso porque desta vez trouxe a sobrinha. Como veio de ferias tenho de a entreter.

Sao só três dias mas dá para espairecer.

IMG_20181010_113019.jpg

 

click counter
Sayaç
click counter

Um mês sem ti, pai.

Outubro 04, 2018

meandmyboy

Já passou um mês e parece mentira.  Todos os dias penssamos em ti, nós os adultos e os teus netos tambem. 

Tenho levado o teu neto mais velho à escola a pé. E no regresso eu choro, choro porque não aguento a falta que nos fazes, choro no caminho porque não quero faze-lo em frente à mãe, só para ela não chorar também. Mas qualquer coisa que ela faça cá em casa ela lembra-se de ti, quando cozinha os almoços e jantares, quando faz cama de lavado, em todo lado estás presente.

Foram quarenta anos de casamento, não se esquece o amor de uma vida. 

Vamos-nos recordar sempre de ti.

 

 

click counter
Sayaç
click counter

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D