Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

meandmyboy

meandmyboy

Está quase a chegar

Junho 30, 2020

meandmyboy

A hora do descanso está para breve. Finalmente férias. Eu e o Boy vamos andar os dois de papo para o ar, não vamos fazer nada a não ser nos divertir muito no nosso retiro espiritual. Prometo contar a vocês como correu a nossa aventura. Peço desculpa não escrever muito mas o trabalho tem me desgastado muito devido a ninguém se importar com a protecção. Chego ao fim do dia e já perdi as vezes em que eu chamo a atenção da máscara que não tapa o nariz, a meia plástica que não é calçada, o calor que eu apanho dentro do trabalho e o stress das pessoas que não entendem que têm de esperar pela vez delas para serem atendidas, isto tudo desgasta-me.

Vou dando noticias, e eu quero que vocês saibam que eu vos quero muito bem. Protejam-se. 

click counter
Sayaç
click counter

É para terem calma

Junho 13, 2020

meandmyboy

É já dia 15 que os centros comerciais abrem ao público depois de uma pandemia. 

downloadfile.bin

 

O que vos venho aqui pedir é para terem paciência, para esperar pela vossa vez para serem atendidas, não é hora para terem pressa. Não façam trocas ou devoluções na hora do vosso almoço no horário laboral,é que não vão ter tempo para fazerem a troca e almoçar em uma hora porque nós também almoçamos caso não tenham conhecimento. Não quero que se ponham a discutir umas com outras porque estão à mais tempo à espera para serem atendidas(nunca é verdade). Não quero que tirem a máscara da cara para me ouvirem melhor, o ouvido não está na boca mas sim na orelha. Quero manter a devida distância de vocês para não me contagiarem com o vírus, sim eu sei vocês são todas saudáveis não têm vírus. 🤦‍♀️

Não quero que me venham dizer que nao querem a meia plástica porque têm meia, tenham uma, duas ou três vocês vão calçar a meia de plástico na mesma.

Estão expressamente alertadas eu diria proibidas mas eu não posso mandar em vocês portanto eu alerto, não quero que andem a passear dentro do centro comercial porque nós estamos a trabalhar e nesta altura do campeonato nós vamos atender não vamos fazer muita conversa convosco, não somos psicólogos para andarem a falar da  vossa família ou animais de estimação( isto acontece mesmo), já para não falar que vai existir uma fila enorme à porta dos centros comerciais e vocês têm de se despachar. Não pensem que enquanto houver fila à porta do centro comercial vocês entram, não vão entrar porque nós temos de fechar as lojas onde trabalhamos no fim da noite é que queremos ir para casa descansar perto das nossas famílias.

 

ESTÁ TUDO ENTENDIDO. 

click counter
Sayaç
click counter

Gente fina é outra coisa.

Junho 04, 2020

meandmyboy

Pois é, isto de estar no supermercado está a ficar interessante. Então não é que eu ontem fui fazer as pausas da tarde dos meus colegas e mal cheguei à minha caixa e na última caixa da linha de caixa ouço uma mulher na casa dos 50 anos para um casal que deveriam ter entre os 70 e 80 anos assim. 

IMG_20200604_100138.jpg

Os senhores têm que ter dois metros de distância de mim. Eu ainda não paguei e enquanto eu estiver a pôr as compras no saco só têm de esperar atrás da linha.

Houve uma troca de palavras acesas e o casal veio para a minha caixa. Às duas por três a mulher começa a chamar o velho de cabrao, o velho a ela de filha da puta. É pá fiquei em choque aquilo diz se que é tudo fino instruído e de boas famílias afinal é tudo fachada. Depois veio chefe do supermercado, veio segurança e ela continuava a trocar nomes e ameaçou o velho de porrada.

Ela: olhe que eu bato-lhe não tenho medo. O velho: então bate. A esposa do senhor andava sempre a acalmar o marido mas ele sempre que era provocado respondia, o normal que ninguém é de ferro.

De repente o segurança tentou acalmar o velhote e disse assim para ele: o senhor está bem? Não ligue, olhe caga nisso.

O velhote até sorriu é o meu pensamento era só este.

Caga nisso!!! Ai se eu respondesse isso para um cliente já estava com um processo em cima e este marmanjo não lhe acontece nada!

De seguida dei o talão das compras, tentei ser simpática e despachar tudo para que o casal fosse para casa, descansar e esquecer este episódio 

click counter
Sayaç
click counter

Ando-me a passar com esta gente.

Junho 03, 2020

meandmyboy

Como sabem continuo na caixa do supermercado a ajudar os colegas. 

Tenho recebido muito carinho de pessoas que falam comigo e dizem para me cuidar e depois existem as aves raras que me tiram do sério.

Homem velho espanhol que vive em Portugal. 

Eu: quer pagar com cartão?

Cliente: no te entendo.

Eu: quieres pagar con targeta?(eu falo portunhol) 

Cliente:yo no te entendo?

Eu já farta da ignorância e pouco esforço que eles se prestam a entenderem-nos eu começo a falar ainda mais de vagar e a falar como se de um retardado e ignorante tratasse.

Eu: "quieres pagar com targeta eu estouy ablando espanhol contigo. 

Cliente :tu não ablas espanhol, se quieres ablar espanhol comigo sentamo-nos na esplanada e tomamos um café. 

Juro que nem abri mais a minha boca. Dei-lhe o troco depois de receber o dinheiro e ficou a olhar para mim e diz obrigado em português. 

Eu: ai afinal falas em português. 

😠😠😠😠

 

click counter
Sayaç
click counter

A pandemia e eu.

Maio 14, 2020

meandmyboy

Já posso falar de algumas coisas que me aconteceram nesta pandemia sem vos aborrecer com falta de conteúdo. 

Coisas que me aborreceram nesta pandemia foi a falta de chá de certas pessoas que me rodeiam:

Pessoas nos transportes que agora que somos poucos ja não dão a distância de segurança por isso já me estou a imaginar amanhar covid19 quando andar tipo sardinha enlatada no comboio e metro. 

No supermercado onde eu trabalho tenho que andar constantemente a sair do corredor para que os clientes escolham os produtos, notem que no vocabulário deles falta muito o com licença, o se faz favor e obrigado. Quanto mais se acham superiores aos outros mais mal educados são. Já nos outros supermercados tenho que andar a pedir para me darem a distância de segurança porque estou na caixa para pagar e as pessoas com mais idade não entendem que eu não gosto que se colem a mim. 

Colegas que estiveram em casa dois meses e que refilaram porque tinham que ir trabalhar e estavam com medo de apanhar o vírus. Vamos lá a ver se nos entendemos, então e os outros que trabalharam este tempo todo para proporcionar comida nas prateleiras do supermercado. Já para não falarmos nos colegas que estiveram a trabalhar e foram e os contratos acabaram e tiveram que ir embora porque não houve renovamentos de contrato. É preciso terem lata. 

Tenho vos a dizer de que as pessoas ficaram mais egoístas com esta pandemia. 

 

 

click counter
Sayaç
click counter

Entrei na segunda quarentena.

Abril 13, 2020

meandmyboy

Acabou a minha participação na reposição do supermercado, pelo menos por agora. Fiz a reposição na parte da mercearia, e senti um alívio por não ficar exposta ao vírus por mais quinze dias.

Esta quinzena foi caricata, desde estar sempre a ser questionada onde se situavam os artigos nas prateleiras, até fazerem outras questões óbvias.

Exemplos:

Cliente :Boa tarde(nem todos dizem) onde está o açúcar?

Eu:ao pé dos enfeites dos bolos e caramelo.

Cliente :e isso é onde?

Eu: Se observar as placas aqui em cima dos corredores vai conseguir identificar ora neste caso é no corredor 19.

🤦‍♀️

Cliente com um saco de sal grosso

Cliente:menina isto é sal grosso?

Eu: É sim.

Tive vontade de lhe responder não isso é açúcar.

O mais engraçado é ver os homens as compras, dá me um gozo que não vos passa pela cabeça. É vê-los de telemóvel em punho em vídeo chamada com a mulher a mostrar os produtos da prateleira para ela escolher a marca que quer. Vê se logo que não estão habituados a irem as compras.

a998017d-a70b-4eda-96b7-bc7670af1b50-754x394.jpg

 

E ontem senti-me feliz, um dos colegas agradeceu-me imenso porque sem nós eles não conseguiriam manter as prateleiras repostas. Agradeci o agradecimento dele e respondi-lhe então até daqui a duas semanas e ele perguntou me se iríamos voltar ao supermercado, respondi que provavelmente a dia 27 estaríamos lá. Fiquei muito contente por saber que alguém adorou o nosso trabalho. O chefe da mercearia disse que nós éramos muito rápidas a repor assim não dava tempo para nos irem buscar as coisas para repor.

Para a próxima não se vão preocupar porque já sabemos ir ao armazém escolher as coisas para repôr nas prateleiras. 👌

click counter
Sayaç
click counter

Nesta altura

Abril 05, 2020

meandmyboy

Se já me irrita ter que ir trabalhar para uma área de trabalho que não é minha, mais me irrita o facto de estar a ser sempre abordada com perguntas pertinentes.

Cliente do sexo feminino :menina trabalha aqui?

Eu da boca para fora: trabalho minha senhora. 

Eu em pensamento: Não, só vim aqui trabalhar para ver se apanhava o vírus e aturava gente parva. 

-Cliente do sexo feminino: não tem pão de forma integral?

Eu: só temos o que está na prateleira.

Cliente do sexo feminino: e pão de forma fatiado? 

Eu: ja disse que só temos o que está na prateleira.

E o engraçado é os homens irem às compras. 

Cliente do sexo masculino: onde está a massa em pimentão? 

Eu:no corredor das especiarias. 

Cliente do sexo masculino: e onde fica o corredor? 

Eu :🤦‍♀️eu vou lá consigo. 

Cliente do sexo masculino : quais são as cápsulas de café que dá para a máquina nespresso? 

Eu:tem muitas, esta e esta marca dão, olhe esta é muito boa. 

Cliente do sexo masculino : ai é? Então vou levar, mas dá para a máquina nespresso? 

Eu:sim eu também levei para casa a minha máquina é nespresso. 

E toca de acambarcar uma data de caixas.

As pessoas não têm noção. 

click counter
Sayaç
click counter

Fiquei de rastos.

Abril 01, 2020

meandmyboy

Depois de quinze dias de descanso voltei ao trabalho a repor prateleiras no supermercado. Não tem nenhuma ciência, é só conhecer os cantos à casa para ir buscar os produtos ao armazém. Fiquei na parte da mercearia, significa que repus bolachas, chá, pipocas, frutos secos atum, fruta em lata, compotas e ainda fui repor o vinagre de vinho branco. 

supermarket-1350474_960_720.jpg

 

E assim se passaram 5 horas. 

Gostei? 

Nem gostei, nem desgostei fez-se. Também só estou lá para ajudar os colegas, mesmo que seja obrigada a isso. Só peço a Deus para não apanhar o vírus e rezar para que isto passe rápido. 

 

click counter
Sayaç
click counter

É hoje

Março 31, 2020

meandmyboy

E porque eu tenho de substituir os meus colegas no supermercado hoje vou trabalhar. 

Não, não mudei de emprego, simplesmente trabalho num grande armazém em que temos várias secções e um supermercado confinado no mesmo espaço. 

Hoje irei fazer 5 horas no supermercado, substituir os colegas que lá estiveram a trabalhar enquanto eu e outros tantos pudessemos estar em casa em isolamento.

Não vou de bom agrado não pensem. Ando com o coração acelarado da ansiedade, tenho medo de ficar infectada com o vírus. Dizem que vamos para a linha da frente, pff eu digo que vamos servir de carne para canhão. Fico na eminência que a minha asma despulte e comece com dificuldades em respirar.

Ainda não sei onde me vão colocar, pode ser nas compras on line, caixa, ou reposição. Quinze dias em casa e levo com "terapia de choque". Devo sair de lá com uma dor de corpo, que deve ser pior do que a dor com que ficamos depois de puxamos ferro no  ginásio. 

Eu só quero é que isto acabe, porque eu gosto é de vender sapatos, não nasci para vender rabanetes, cotonetes e afins. 

noticias_1570542511.jpg

 

 

click counter
Sayaç
click counter

Aqui por casa estamos assim.

Março 16, 2020

meandmyboy

Eu gostaria de vos dizer que estou de quarentena, mas não estou. Eu estou de prevenção, estou em casa e se for preciso ir até ao meu trabalho porque precisam de mim eu tenho de ir trabalhar. Não, não sou enfermeira, nem médica, nem policia. Eu trabalho no comércio, enquanto o estado não decretar quarentena obrigatória eu e os meus colegas que têm filhos e vieram para casa estaremos em casa o resto está lá, na loja à atender os retardados que insistem em comprar coisas desnecessárias, como uma mala ou um sapato.

Ontem tive um casal que me pediram dois modelos de calçado. Eu dou à mulher, ela calça e quando vai descalçar dá ao marido para depois o marido dar a mim. 😠😠😠

Derrepente ouço a minha colega dizer assim: - Tânia põe álcool nas mãos, em voz alta que era para se sentirem culpados por estarem na rua a comprar coisas desnecessárias. 

No segundo modelo que lhe dou para ela experimentar ela depois de calçar vai outra vez dar a ele e eu tive que intervir, eu: não toque no artigo quantas menos pessoa pegarem na bota melhor para mim. Nem vi a cara do fulano que ele  afastou-se. Quando foram pagar ele agarra na máquina do multibanco ela toca na máquina para pôr o código. 😠😠😠 Não me conseguir conter. Eu: já disse para não tocar nas coisas a senhora põe o código e o senhor não precisa de estar a tocar na máquina. Ela: peço desculpa, mas nós desinfectamos as mãos antes de vir! Eu: não interessa isso se todos continuarem a ter essa atitude. Quanto menos coisas tocar melhor nós não sabemos quem vem primeiro e já tocou nas coisas sem ter desinfetado as mãos. 

Digo-vos que estou farta desta gente e se o governo não fizer nada já, o mais provável é mesmo a dita quarentena de 40 dias. 

click counter
Sayaç
click counter

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D