Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

meandmyboy

meandmyboy

Vazia é como me sinto

Julho 31, 2019

meandmyboy

E quando o teu estado de espírito fica em baixo e não te apetece ir trabalhar? É assim que me sinto.

Trabalho sem qualquer entusiasmo. Entro a contar as horas para sair, os dias para a próxima folga e os meses para as outras férias. O tempo não ajuda porque quando folgo não está calor.

Não consigo viver, eu estou a ver a vida a passar. 

click counter
Sayaç
click counter

Fico a pensar.

Março 07, 2019

meandmyboy

Bem perto de mim tem havido muita violência doméstica, são duas localidades ao lado da minha.

Eu já lá vivi no Seixal. Eu também já sofri de violência doméstica. Consegui "safar-me" porque havia provas. Mensagens escritas pelo monstro. Sorte a minha, azar o dele na hora da denúncia enviou-me outro sms , a dizer que me queimava toda. Ameaçou a mim e ainda a minha família. Tudo porque descobri que ele era casado e eu queria terminar tudo, mas ele achou que não seria como eu queria. Não vou entrar em detalhes, pois seria viver tudo de novo.

Mas e se eu não tivesse conseguido denunciar? Ou mesmo denunciando, não me tivessem protegido ou não houvesse provas? Talvez não estivesse aqui deste lado a contar isto. Estaria como todas estas mulheres, mortas , porque desde que o ano começou já foram 13 ou 14. O número não é importante  tendo em conta a gravidade da situação.  É uma grande tristeza quando um parente morre por doença , então a perda de um parente ou amigo ser morto por violência doméstica deve ser ainda maior. É também uma grande revolta, porque não houve ninguém a cuidar daquelas pessoas. Não, o monstro não foi o pai do meu filho. 

 

 

click counter
Sayaç
click counter

Coragem

Novembro 21, 2018

meandmyboy

Ainda não tive coragem para enfeitar a casa para o natal. Normalmente é a minha mãe que o faz, mas este ano já disse que não faz essa tarefa e sobrou para mim. Só um toque de cheirinho a natal era bom para todos nós só tenho é que largar a perguiça.

Cada vez que se aproxima mais a data custa- me mais, são as memórias que me vêm à cabeça. Ainda está tudo muito recente.

O que vale é que eu no trabalho fico absorvida, entre o atender o cliente ,ir ao armazem ,"rezar" na pele por não se decidir o que quer ao certo, eu vou me distraindo.

Até isto de escrever , eu sinto que me faz bem. 

click counter
Sayaç
click counter

E as minhas férias estão aí

Setembro 23, 2018

meandmyboy

De hoje a uma semana entro de férias. Acho que vai estar  bom tempo, vou ver se apanho uma praia. O Boy esta na escola não dá para irmos de férias. 

Vou andar nas arrumações ,pois andamos em obras desde o fim do mês passado.

Mas tenho que passear um pouco, que precisamos de espairecer.

Por aqui vai se vivendo um dia de cada vez, a dor da nossa perda é recente e não tem sido fácil. 

E é isto. Vou postando de vez em quando, quando me apetecer desabafar aqui. Vocês sabem que eu só escrevo quando me apetece pôr cá para fora o que me vai na alma. 

 

click counter
Sayaç
click counter

tristeza

Dezembro 12, 2015

meandmyboy

Começa a ser todos os anos. Todos os natais eu sinto me mais triste. Hoje fui ao hospital com o Boy e avisei o pai dele por mensagem. Fez a triagem e voltamos à sala de espera, reparo que ainda não me tinha dito nada, então resolvi ligar. Ainda na sala de espera apareceu o pai do Boy. Já vamos a caminho do quinto ano que nos separámos e sempre que o Boy vai parar ao médico e estamos na sala de espera ele fica a observar-me . Sim é estranho , fica a olhar para mim como se andasse à procura de uma resposta da nossa separação. A conversa flui e descubro que já não joga às setas de sisal ,andei eu uma data de anos a tentar com que ele desistisse daquele hobbie, hobbie esse que só nos trouxe desgostos ao nosso "casamento" ( união de facto). Tive que me conter para não chorar, para ele não perceber que eu fiquei triste que ele só tenha mudado depois de nos separar. Fico triste, todos os anos por volta do natal.

click counter
Sayaç
click counter

há coisas piores

Setembro 03, 2015

meandmyboy

Como não tenho nada para partilhar, passo a vista nos vossos blogs. E já me ri com o post da Maria das Palavras. Não vou ler o da Maria do sorriso incognito só o nome do post já me entristeceu. Já andei pelo instagram, e já descobri que a Sofia do diário de um batom usa óculos com muita graduação e não teve vergonha de mostrar. Hoje não tenho muito animo e vou ter que me distrair com as pequenas coisas da vida. Porque existem crianças e adultos pior que eu , por este mundo a fora. Basta ligar a tv para ver a desgraça que está a acontecer.

click counter
Sayaç
click counter

É com tristeza

Julho 24, 2014

meandmyboy

É com tristeza que vejo as noticias. 

Vendo crianças a morrerem. E agora pergunto - que culpa têm aquelas crianças ,são anjinhos que não merecem tamanha crueldade.

Fico repugnada com o que vejo, se alguém pudesse  parar com a guerra tudo era bem melhor.

As crianças merecem a felicidade.

click counter
Sayaç
click counter

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D